Projeto Brasil

 Mapa Brasil

 

 

 

 

 

 

Babaçu Plus

Brasil, Codó, Maranhão

Babaçu Plus

Frutos da autodeterminação

Babacu2ProdukteBabacu3Oelmühle

 

 

 

 

 

O nordeste do Brasil é povoado por descendentes pobres de escravos africanos. Compondo o estrato inferior da sociedade muitas destas pessoas vivem em Quilombos. Os quilombos são comunidades rurais fundadas no século XVIII por escravos que escaparam à violência dos senhores de engenho que os mantinha cativos. No distrito de Codó, no estado do Maranhão, um projeto foi desenvolvido para explorar a extração do óleo de Babaçú. Ele é mantido pelas mulheres das comunidades, encoraja a auto-suficiência e protege os recursos naturais.

Alimentos de base e produtos comercializáveis

Os quilombolas (habitantes das comunidades) produzem um óleo natural extraído da amêndoa do Babaçú que pode ser utilizado de diversas formas. O Babaçú cresce em palmeiras de forma selvagem. A extração da amêndoa do Babaçú é extremamente complexa. O descascamento do fruto e a extração do envelope intermediário que cobre a amêndoa são realizados à mão e fazem parte das tarefas tradicionalmente atribuídas as mulheres. O moinho, financiado pela Cooperaxion, simplifica a prensagem das amêndoas e permite a obtenção de um óleo de Babaçú não-refinado. Uma parte do óleo produzido pode ser utilizada pelas mulheres da comunidade para fabricação de sabão, cosméticos e outros produtos. Estes artigos manufaturados pelos quilombolas são em seguida vendidos aos mercados vizinhos. Tudo aquilo que não é vendido é utilizado pelas famílias das comunidades.

Com o moinho, Cooperaxion abre perspectivas futuras aos quilombolas que podem trabalhar, produzir e gerar renda para si mesmos, tornando-se independentes. Assim, os afro-brasileiros destas comunidades podem ascender a educação e defender melhor seus direitos à terra. Desta forma Cooperaxion contribui com redução do êxodo rural. Maiores informações e detalhes podem ser encontrados na coluna à esquerda (Projeto) e no link “Documentação”.

 

Onilé

Mais informações em breve.

IMG_3896  IMG_3938thumb_IMG_0367_1024thumb_014 (1)_1024